Central de Atendimento

Como podemos ajudar?
Precisa de ajuda?

Qual a melhor forma de manter a higiene dos idosos acamados?

Qual a melhor forma de manter a higiene dos idosos acamados?

Cuidar de idosos pode ser uma tarefa muito desafiante. E em muitos casos, os mais velhos estão acamados, o que torna ainda mais difícil cuidar das suas necessidades diárias.

No cuidado de idosos é também importante ter em conta outros fatores, como a saúde física e mental, o que requere algum cuidado extra quando os idosos estão acamados.

Uma pessoa acamada, independentemente da idade, é alguém que precisa de ficar na cama durante um período de tempo indefinido.

Esta situação pode ser causada por uma incapacidade permanente que impede a pessoa de ser independente ou de fazer coisas a que estava habituada, exigindo assim cuidados a longo prazo.

Algumas das causas podem incluir um AVC grave, uma lesão cerebral ou espinal, formas avançadas de cancro ou um processo avançado de envelhecimento.

Estar acamado implica ter uma atividade física muito reduzida ou insuficiente, para além de exigir prestadores de cuidados informais ou formais para ajudar nas atividades diárias.

Permanecer na cama durante longos períodos de tempo pode eventualmente causar um desconforto crescente, e possivelmente levar a outras complicações de saúde que só tornarão o processo de recuperação ainda mais difícil.

Cuidar de um idoso acamado implica muitas vezes ajudar em atividades diárias que tomamos por garantido, como escovar os dentes e a limpeza pessoal.

A situação de um idoso acamado adiciona uma camada extra de complexidade a estas tarefas outrora simples.

Ao estabelecer uma rotina com o idoso, é importante não esquecer a paciência. Facilmente se instala a frustração, porque tarefas que antes demoravam minutos podem agora demorar muito mais tempo.

O idoso também pode sentir profundamente a perda da independência, por isso é importante ter paciência e levar o tempo que for necessário para completar as tarefas.

Quando alguém está confinado à cama devido às suas condições de saúde, é importante manter a sua higiene pessoal. Sentir o corpo fresco e limpo é necessário tanto para a saúde física como mental.

Quer seja causado por doença crónica, idade avançada, deficiência, ou ferimentos, estar acamado vem com uma variedade de desafios, sendo a higiene um dos mais importantes.

Enquanto prestador de cuidados, ajudar um idoso acamado com a sua higiene pessoal ajuda-o a ser tão feliz e saudável quanto possível.

Porque a higiene é importante para os idosos?

A higiene pessoal é um termo que significa coisas diferentes para pessoas diferentes, mas continua a ser um aspeto importante da saúde pessoal.

Cada aspeto de higiene é importante de formas diferentes e os idosos que cuidam da sua higiene têm melhor qualidade de vida por mais tempo.

A higiene pessoal implica um conjunto de atividades diferentes como:

  • Pentear o cabelo
  • Lavagem das mãos e preparação de alimentos de forma segura
  • Tomar banho
  • Cuidar dos dentes e gengivas
  • Cuidar da pele
  • Cuidar das unhas

A razão mais óbvia e importante para uma boa higiene é manter a saúde física.

À medida que envelhecemos o nosso sistema imunitário não é tão robusto como antes e isso significa uma maior vulnerabilidade aos germes e vírus.

Lavar as mãos antes de manusear os alimentos e depois de ir à casa de banho, deve tornar-se um hábito.

Muitos medicamentos comuns que os idosos tomam fazem com que a pele se torne frágil, tornando mais fácil a invasão de germes.

Especial cuidado para situações em que os germes possam ser abundantes, tais como hospitais ou transportes públicos, devendo utilizar-se sabão antibacteriano ou gel desinfetante.

Questões de mobilidade ou equilíbrio podem tornar o banho um problema, mas tomar um bom banho ou duche não é um luxo, mas sim uma necessidade.

A limpeza adequada remove as bactérias que causam odor e possíveis infeções da pele ou no corpo.

Verificar todo o corpo regularmente, mesmo durante o banho, permite a perceção precoce de quaisquer irregularidades e encontrar quaisquer problemas cedo, proporcionando uma vantagem de tempo e a possibilidade atempada para os resolver.

Por outro lado, a sensação revigorante de estar com o corpo limpo é muito importante para muitos aspetos da saúde que física quer mental, como a sensação de bem-estar, autoestima e maior confiança. Sendo imprescindível obter ajuda cada vez que esta é necessária.

Ter boa aparência também faz uma pessoa sentir-se bem. Os idosos que se certificam de que o seu cabelo, unhas e pele estão em boas condições apresentam uma imagem positiva perante os outros.

É natural que os outros apresentam uma atitude de mais respeito se o idoso estiver mais cuidado do que se estiver mais desleixado.

Tudo isto proporciona uma maior confiança e a opinião positiva dos outros vão no sentido de um melhor bem-estar mental. Uma boa saúde mental pode fazer a diferença entre viver e viver bem.

No entanto, pode tornar-se mais difícil manter uma boa higiene à medida que se envelhece, no entanto, com uma atenção cuidadosa é possível ter sucesso e alcançar uma boa higiene pessoal.

Cadeiras de segurança e barras de apoio na banheira ou no duche tornam o banho mais fácil e seguro e são um bom sistema de apoio.

Algumas empresas podem proporcionar lavagem de cabelo em casa, se possível manter uma rotina semanal de cabelo e unhas, porque não só apoiará uma boa higiene como ajudará a manter a confiança do idoso também.

O uso de sabão e loção com boa qualidade é uma boa opção para manter uma pele saudável do idoso e, por sua vez, uma pele saudável é uma grande defesa contra infeções.

A saúde e a higiene andam de mãos dadas e são igualmente importantes em qualquer idade para o bem-estar. Por isso, os idosos enfrentam algumas dificuldades, porque são mais suscetíveis e tornam-se menos capazes com o tempo de tratar da sua própria higiene pessoal.

A higiene dos idosos é um sinal de alerta precoce para outros problemas com a sua capacidade de cuidar de si próprios.

Os idosos que querem manter-se independentes precisam de manter uma boa higiene para se manterem saudáveis e controlarem o seu próprio dia a dia.

Desta forma, e por todos estes motivos, uma boa higiene é de extrema importância para os idosos.

Complicações de estar acamado

Para uma pessoa idosa que está acamada, existe uma maior probabilidade de surgirem algumas complicações.

Estas são algumas das muitas complicações que podem surgir:

As consequências destas complicações podem prejudicar ainda mais a recuperação do idoso, se não forem tratadas.

Estas complicações, podem perturbar o conforto e bem-estar do idoso, e podem mesmo ser um catalisador para novos problemas médicos.

Por conseguinte, é importante manter a pessoa idosa tão confortável e ativa quanto possível, ajustando às suas próprias necessidades de saúde.

O processo de cuidar dos idosos acamados é bastante exigente devido à sua dependência dos outros. Mas, com a utilização de várias estratégias, pode tornar-se numa situação mais fácil de gerir.

Dicas para uma higiene pessoal saudável de um idoso acamado

Ao manter o idoso e o seu quarto frescos e limpos, está-se a fazer muito mais do que salvaguardar a sua saúde física. Está-se também a contribuir para o ajudar a sentir-se bem.

Estas são algumas das sugestões para manter a higiene do idoso acamado de forma segura:

Tomar banho regularmente

Se um idoso não conseguir tomar banho, vai ser necessário tomar banhos de cama regulares.

Para dar a alguém um banho de cama, primeiro deve-se juntar estes artigos:

  • Toalhas de banho, toalhas de rosto e toalhas de mão
  • Esponjas macias
  • Uma bacia de água quente
  • Sabão suave e não-irritante
  • Um lavatório
  • Cotonetes de algodão ou uma escova de unhas
  • Hidratante

De seguida iniciar o processo de banho:

Colocar as toalhas de banho por baixo do idoso para manter a cama seca.

Usar uma toalha de mão ou esponja húmida para lavar suavemente os olhos e o rosto. Evitar usar sabonete no rosto porque pode ser irritante.

Enrolar o lençol ou cobertor para expor a parte superior do corpo. Em geral, tentar expor apenas a parte do corpo que se está a limpar ativamente. Manter o resto do corpo coberto, para que o calor e a privacidade se mantenham.

Usar outra toalha ou esponja húmida limpa, para limpar o corpo. Pode usar-se um sabonete de limpeza suave para o corpo, mas para certas pessoas o sabonete pode causar irritação da pele.

Limpar a parte superior do corpo, braços e pernas.

Limpar por baixo e à volta das unhas com um cotonete ou escova de unhas.

Ajudar a rolar ou virar conforme o necessário para que se possam limpar completamente as costas, os genitais e as nádegas do idoso com uma toalha ou esponja.

Garantir que se limpa bem dentro de quaisquer dobras e depois secar bem essas áreas.

Mergulhar os pés do idoso num lavatório e limpar os pés com uma toalha ou esponja.

Usar hidratante e pó corporal para manter a sua pele hidratada e seca, e depois mudar o idoso para um conjunto de roupa limpa.

A pele seca, especialmente se a pessoa for propensa ao eczema, pode causar infeção.

Portanto, é importante usar um hidratante suave, sem perfume, para manter a pele hidratada e acalmar as manchas secas ou a comichão, especialmente após o banho.

Cuidar do cabelo

Para além do banho, é uma boa prática lavar o cabelo do idoso regularmente.

Entre as lavagens, usar um champô seco conforme o necessário para evitar que o cabelo fique oleoso e desconfortável. Tentar fazer uma lavagem completa do cabelo pelo menos uma vez por semana, ou mais frequentemente se o cabelo ficar especialmente sujo.

Como lavar o cabelo na cama:

Colocar toalhas debaixo da cabeça e ombros.

Pentear através do cabelo para remover os emaranhados e colocar outra toalha sobre os ombros do idoso. Se disponível, poderá também usar uma capa de cabeleireiro ou algo semelhante sobre os ombros.

Se o idoso tiver muito cabelo, pode ser mais fácil separar o cabelo em secções. Depois, usar um frasco de spray para molhar o cabelo com água morna e uma pequena quantidade de champô.

Lavar desde o couro cabeludo para cima até às pontas do cabelo. Em seguida, enxaguar o cabelo com um frasco de água em spray.

Quando todo o cabelo estiver limpo, embrulhar a cabeça do idoso numa toalha seca. Em seguida, utilizar um secador de cabelo para secar suavemente o seu cabelo.

Aparar as unhas

As unhas longas ou irregulares podem apresentar uma multiplicidade de riscos para a saúde, especialmente nas pessoas mais velhas.

A sujidade e as bactérias ficam presas debaixo das unhas e transferem-se para a pele quando o idoso se toca ou se arranha, resultando potencialmente em infeção.

Usar regularmente um corta-unhas e uma lima de unhas para manter as unhas aparadas e limadas numa forma lisa e arredondada.

Mudar a roupa de cama

As pessoas que não estão acamadas podem, normalmente, não mudar de roupa de cama todas as semanas.

Mas quando alguém está acamado, é aconselhável que a roupa de cama tenha de ser mudada com mais frequência.

É surpreendente a rapidez com que as roupas de cama podem acumular suor, células mortas de pele, cabelo e migalhas de comida.

Barbear

Barbear outra pessoa pode ser difícil, confuso e desconfortável se existirem dúvidas de como realizar a tarefa.

No entanto, para alguns idosos acamados, ser barbeado e estar limpo é importante para a sua saúde, pois os pelos faciais podem ser difíceis de manterem limpos.

Se o idoso é capaz de se barbear a si próprio, esta é a melhor opção. Ajudar tendo todos os utensílios necessários por perto, assim como um espelho colocado num ângulo que possam ver o rosto.

Se os idosos precisarem de ajuda para se barbearem, deverá usar-se uma máquina de barbear elétrica, pois diminui a probabilidade de cortes na pele com uma máquina de barbear elétrica.

Segurar a máquina de barbear num ângulo de 90 graus a partir da pele do idoso, e usar movimentos circulares para fazer a barba.

Não esquecer de colocar uma toalha no colo do idoso para recolher qualquer pelo que caia.

Escovar os dentes após as refeições

Para manter os dentes e gengivas saudáveis, o idoso deve ser ajudado a limpar a boca após cada refeição.

Se possível, passar o fio dentário e lavar duas vezes por dia para garantir que se está a eliminar quaisquer partículas de comida que tenham ficado presas nos dentes do idoso.

Algumas pessoas idosas podem ser capazes de lidar com estas tarefas por si próprias se lhes for facultado uma escova de dentes, pasta de dentes, fio dentário, água e copo ou recipiente para o cuspo.

Neste sentido, é importante perguntar primeiro ao idoso se prefere escovar os dentes por si próprio.

Limpar e arejar as divisões da casa

Os cuidados com o peito e os pulmões dos idosos são da maior importância para manter a saúde.

Uma vez que estão acamados, os idosos podem ser vulneráveis à acumulação de líquidos nos pulmões e ao congestionamento do peito. Se não forem controladas, estas condições podem levar a pneumonia ou infeções virais.

Desta forma é importante continuar a mudar a posição ou postura do idoso na cama, e proporcionar vapor ou outro apoio respiratório sempre que necessário ou aconselhado pelo médico.

Por outro lado, também é importante limpar o ambiente, as divisões da casa e o ar que o idoso respira. Um ambiente desorganizado pode também constituir um risco higiénico.

O pó em excesso pode causar dificuldades respiratórias, espirros, comichão e desconforto na garganta. E os restos de comida podem atrair pragas domésticas.

A desordem geral no ambiente circundante pode ter um impacto negativo no bem-estar mental e emocional do idoso. Manter o seu quarto confortável e organizado e remover a desarrumação do chão, pode fazer muita diferença.

Proporcionar muita luz natural no quarto e abrir regularmente as janelas quando possível para manter o ar fresco e renovado.

Conclusão

A velhice é frequentemente considerada como uma época em que as pessoas estão livres das suas responsabilidades profissionais e pessoais e vivem uma vida mais tranquila.

No entanto, a realidade para a maioria dos idosos é completamente diferente. O facto de estarem sem ocupação nem sempre é sinal de despreocupação.

Após uma certa idade, as pessoas mais velhas são muito mais vulneráveis a várias doenças, enfermidades e infeções.

Como o seu corpo não é suficientemente forte para lutar contra estas doenças, muitas vezes, os idosos têm de depender de outros para receberem cuidados e apoio.

A acrescentar a desafios de saúde importantes, a mobilidade diminuída e doenças crónicas, o estilo de vida do idoso pode tornar-se mais limitado e circunscrito, sobretudo se o idoso estiver acamado e depender dos membros da família e dos prestadores de cuidados para as suas necessidades.

Para além do cuidado e compaixão, há certas práticas de higiene que podem ser seguidas e que podem melhorar as condições de vida dos idosos acamados.

Estas práticas de higiene também garantem que os idosos não sofrem com desconfortos adicionais.

Com paciência e atenção ao pormenor, é possível manter uma boa higiene pessoal de um idoso acamado, garantindo assim o seu conforto e uma melhor qualidade de vida.

Juntos Cuidamos Melhor!

Na Mais que Cuidar encontra uma gama completa de produtos e serviços  que dão uma ajuda importante no apoio e no conforto, prestando cuidados de saúde ao domicilio (apoio domiciliário, fisioterapia, enfermagem) e produtos de apoio para comprar ou alugar.

Os nossos profissionais de saúde e mobilidade estão sempre disponíveis para ajudar a encontrar as melhores soluções para a sua situação específica. Temos ao seu dispor uma linha de apoio de enfermagem 24h/dia 365 dias do ano.

Na Mais que Cuidar poderá contar também com o apoio do médico fisiatra através da consulta ao domicílio ou da teleconsulta.

Referências:

Seniors Matter

*Atenção: O Blog Mais que Cuidar é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados com saúde e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Lojas de Ortopedia e Geriatria em Portugal
Procuramos estar cada vez mais perto de si.
Venha conhecer-nos! Juntos Cuidamos Melhor.
Porto
Porto
Estrada da Circunvalação 14688
4450-097 Matosinhos
T. 224 054 146
Chamada para rede fixa nacional
Lisboa
Lisboa
Rua Manuel Martins da Hora, 2
1750-172 Lisboa
T. 210 402 220
Chamada para rede fixa nacional
Oeiras
Oeiras
Rua Luís Tavares 17
2740-315 Porto Salvo
T. 219 362 035
Chamada para rede fixa nacional
Almada
Almada
Rua do Regil 21A
2805-234
Almada
T. 210 402 248
Chamada para rede fixa nacional
Faro
Faro
Estrada Municipal 514
Zona Ind. da Barracha, Lote 11
8150-017 São Brás de Alportel
T. 289 824 225
Chamada para rede fixa nacional