Central de Atendimento

Como podemos ajudar?
Precisa de ajuda?

O que é a ventilação não invasiva e para que serve?

O que é e para que serve a ventilação não invasiva

Uma das funções mais básicas do corpo humano é a respiração que não só alimenta o corpo com oxigénio, como também pode clarificar a mente e ajudar a fortalecer os músculos.

Contudo, poucas pessoas aprendem a respirar de uma forma que permita ao corpo funcionar da forma que deveria.

Para sobreviver, precisamos do oxigénio que vai dos nossos pulmões para as células do nosso corpo e por vezes, a quantidade de oxigénio no nosso sangue pode descer abaixo dos níveis normais.

Asma, cancro do pulmão, doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), gripe, e Covid-19 são alguns dos problemas de saúde que podem causar a queda dos níveis de oxigénio no corpo.

Quando os níveis são demasiado baixos, podemos precisar de oxigénio extra, ou seja, de oxigenoterapia.

Quando há sinais de que a respiração não está bem e se for curta e rápida, isto pode ter um enorme impacto na saúde física e mental.

Uma forma de obter oxigénio extra no corpo é utilizar sistemas de ventilação não invasivas, que permitem colmatar a falta de oxigénio de uma forma menos agressiva.

O que é a ventilação não invasiva?

A ventilação não invasiva designa o fornecimento de oxigénio através de uma máscara facial, ajudando a respirar e eliminando assim a necessidade de introduzir no sistema respiratório dispositivos mecânicos, como tubos que funcionam por ventilação mecânica.

Este método de ventilação funciona facilitando a entrada de oxigênio pelas vias aéreas devido a uma pressão de ar, que é aplicada com auxílio de uma máscara. A máscara pode ser facial ou nasal.

Esta ventilação tem benefícios fisiológicos quando comparada com a ventilação mecânica convencional, reduzindo o trabalho de respiração e melhorando a troca de gases nos pulmões e vias respiratórias.

A ventilação não invasiva funciona criando uma pressão positiva nas vias respiratórias, sendo a pressão fora dos pulmões maior do que a pressão dentro dos pulmões.

Isto faz com que o ar seja forçado a entrar nos pulmões, diminuindo o esforço respiratório e reduzindo o trabalho de respiração do organismo.

Também ajuda a manter o peito e os pulmões expandidos, aumentando a capacidade residual funcional, ou seja, a quantidade de ar restante nos pulmões após a expiração.

Em que circunstâncias é usada?

A ventilação não invasiva é reconhecida como um tratamento eficaz para a insuficiência respiratória , doença pulmonar obstrutiva crónica, edema pulmonar cardiogénico e outras condições respiratórias sem complicações, tais como fraqueza muscular respiratória, trauma das vias aéreas superiores, pneumonia e sinusite.

Este tratamento serve para melhorar as trocas gasosas nos pulmões e vias respiratórias, facilitando a respiração através de pressão exercida na abertura das vias aéreas e ajudando nos movimentos de inspiração e expiração.

Pode ser prescrito por um pneumologista ou médico de família e é aplicado por um fisioterapeuta ou enfermeiro em pessoas que sofrem das seguintes doenças:

Geralmente este tratamento é aplicado em conjunto com um tratamento medicamentoso e é relativamente seguro, com um menor risco ocorrência de infeção, permite mais liberdade ao doente, já que este pode comer, falar e até mesmo tossir com a máscara e não necessita de sedação.

Caracteriza-se por ser também de fácil utilização e grande portabilidade, já que alguns dispositivos podem ser transportados pelo doente.

Quais são os equipamentos que podem ser usados?

A ventilação não invasiva está incluída numa variada lista de opções de cuidados respiratórios que incluem diversos dispositivos.

Estes são alguns exemplos de equipamentos que podem ser usados nos tratamentos respiratórios e nomeadamente na ventilação não invasiva:

Concentradores de oxigénio

Um concentrador de oxigénio é um dispositivo que concentra o oxigénio de um fornecimento de gás, tipicamente é o ar ambiente, através da remoção seletiva de azoto para fornecer um fluxo de gás enriquecido em oxigénio.

Estes aparelhos são utilizados industrialmente e como dispositivos médicos para oxigenoterapia.

Os concentradores de oxigénio são dispositivos médicos utilizados apenas com uma receita médica.

Decidir usar um concentrador de oxigénio sem receita médica pode levar a graves problemas de saúde, tais como a toxicidade do oxigénio causada por o receber em grandes quantidades.

Embora o oxigénio represente cerca de 21% do ar à nossa volta, respirar altas concentrações de oxigénio pode danificar os pulmões. Por outro lado, a falta de oxigénio suficiente no sangue, uma condição chamada hipoxia, pode danificar o coração, cérebro e outros órgãos.

Deverá ser consultada ajuda médica para determinar quanto oxigénio a pessoa deve tomar e por quanto tempo.

No fundo, o concentrador de oxigénio absorve o ar e purifica-o para utilização por indivíduos que necessitam de oxigénio medicinal devido aos baixos níveis de oxigénio no seu sangue.

Funciona da seguinte forma:

  • Compressão do ar como mecanismo de arrefecimento evitando que o concentrador fique sobreaquecido
  • Recolha de ar do ambiente
  • Utilização de uma interface eletrónica para ajustar as definições de entrega do oxigénio
  • Remoção de nitrogénio do ar através de crivos e de um filtro
  • Entrega de oxigénio purificado através de uma máscara ou cânula nasal

Aspirador de secreções

O aspirador de secreções é um tipo de dispositivo médico que é utilizado principalmente para remover obstruções como, muco, saliva, sangue ou secreções, das vias respiratórias de uma pessoa.

Quando a pessoa é incapaz de limpar as suas secreções devido a falta de consciência ou a um procedimento médico contínuo, as máquinas de sucção ajudam a respirar, mantendo a via aérea limpa.

Na prática, os profissionais de saúde utilizam os aspiradores de secreções como parte integrante de um plano de tratamento quando as vias respiratórias de uma pessoa estão parcial ou completamente obstruídas.

Alguns dos usos mais comuns destes aparelhos incluem:

  • Remoção de secreções respiratórias quando a pessoa é incapaz de o fazer
  • Assistência a uma pessoa que está a vomitar durante uma convulsão ou inconsciente
  • Limpar o sangue das vias respiratórias
  • Remoção de uma substância estranha da traqueia ou dos pulmões

Estes aparelhos podem também ser utilizados em conjunto com outras tecnologias médicas para tratar uma variedade de situações de risco de vida.

Nebulizador

Um nebulizador é uma pequena máquina que transforma medicamentos líquidos em vapor.

A pessoa senta-se com a máquina e inspira através de um bocal ou máscara. O medicamento vai para os pulmões enquanto a pessoa respira devagar e profundamente durante 10 a 15 minutos.

Este processo torna mais fácil e agradável absorver o remédio para os pulmões.

Uma pessoa com asma, pode não precisar de usar um nebulizador. Poderá, em vez disso, utilizar um inalador, que é igualmente eficaz.

Mas um nebulizador pode administrar o medicamento com menos esforço do que um inalador. A escolha do dispositivo pode basear-se na facilidade de utilização do nebulizador e no tipo de medicamento que se toma.

A maioria dos nebulizadores são pequenos, pelo que são fáceis de transportar. Além disso, a maioria dos nebulizadores funciona através da utilização de compressores de ar.

Existe também um outro tipo de nebulizador, chamado nebulizador ultrassónico, que utiliza vibrações sonoras. Este tipo de nebulizador é mais silencioso.

A utilização do nebulizador requere alguns cuidados:

  • Manter o nebulizador limpo, para que continue a funcionar corretamente
  • Utilizar o dispositivo de acordo com as instruções do fabricante
  • Os passos essenciais para configurar e utilizar o nebulizador são os seguintes:
  • Lavar bem as mãos
  • Ligar a mangueira a um compressor de ar
  • Encher o copo com o medicamento de acordo com a receita médica.
  • Para evitar derramamentos, fechar bem o copo do medicamento
  • Fixar a mangueira e a máscara ao copo do medicamento
  • Colocar a máscara na boca
  • Manter os lábios firmes à volta da boquilha para que todo o medicamento entre nos pulmões
  • Respirar pela boca até que todo o medicamento seja utilizado. Isto demora cerca de 10 a 15 minutos
  • Se necessário, usar um clipe nasal para respirar apenas através da boca
  • Desligar a máquina quando estiver pronta
  • Lavar o copo do medicamento e a boquilha ou máscara com água e deixar secar

Conclusão

Todos os sistemas do corpo dependem do oxigénio.

Da cognição à digestão, uma respiração eficaz pode não só proporcionar uma maior sensação de clareza mental, como também ajudar a dormir melhor, digerir os alimentos de forma mais eficiente, melhorar a resposta imunitária do corpo e reduzir os níveis de stress.

Muitas pessoas que praticam exercício físico, especialmente aquelas que se concentram no controlo da respiração, conseguem regular o sistema nervoso simpático, ou a parte do corpo que controla a respiração, o ritmo cardíaco e a pressão sanguínea.

A respiração traz energia. Precisamos de respirar para enviar oxigénio para as células do nosso corpo, que precisam constantemente de um novo abastecimento para que possam produzir energia.

Ao respirar, também permitimos que os nossos corpos se libertem dos resíduos de produtos e toxinas que criam, que podem estagnar facilmente no nosso corpo e danificar funções vitais se não forem expelidos.

As situações de saúde agudas respiratórias requerem normalmente uma oxigenoterapia de curto prazo.

Algumas doenças do foro respiratório duram algum tempo com um início súbito de surgimento de sintomas em que é necessária a suplementação de oxigénio.

Com um sistema de ventilação não invasiva é possível obter o oxigénio tão essencial de uma forma menos agressiva, permitindo um maior conforto e uma melhor qualidade de vida.

Juntos Cuidamos Melhor!

Referências:

  • Sociedade Portuguesa de Pneumologia
  • Organização Mundial de Saúde

*Atenção: O Blog Mais que Cuidar é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados com saúde e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Central de Atendimento

como podemos ajudar?
Apoio via Whattsapp
Entre em contato
através do Whattsapp.
ABRIR WHATTSAPP
Apoio por Telefone
Contacte-nos todos os dias
úteis entre 10h às 19h e aos
Sábados das 10h às 13h
Lojas de Ortopedia e Geriatria em Portugal
Procuramos estar cada vez mais perto de si.
Venha conhecer-nos! Juntos Cuidamos Melhor.
Porto
Porto
Estrada da Circunvalação 14688
4450-097 Matosinhos
T. 224 054 146
Lisboa
Lisboa
Rua Manuel Martins da Hora, 2
1750-172 Lisboa
T. 210 402 220
Oeiras
Oeiras
Rua Luís Tavares 17
2740-315 Porto Salvo
T. 219 362 035
Almada
Almada
Rua do Regil 21A
2805-234
Almada
T. 210 402 248
Faro
Faro
Estrada Municipal 514
Zona Ind. da Barracha, Lote 11
8150-017 São Brás de Alportel
T. 289 824 225