Central de Atendimento

Como podemos ajudar?
Precisa de ajuda?

Nictúria: Como tratar e como prevenir?

Nictúria nos idosos

Levantar várias vezes durante a noite para ir à casa de banho, com perturbações do ciclo de sono que trazem outro tipo de complicações como fadiga e stress. A nictúria é a causa desta perturbação e a sua origem tem muitas outras causas.

Este problema afeta cerca de 74% das mulheres e 75% dos homens, que apresentam casos de bexiga hiperativa ou obstrução urinária, por exemplo.

Os homens idosos com aumento do tamanho da próstata também mostram uma frequência mictória maior durante a noite, no caso das mulheres idosas, o enfraquecimento dos tecidos da zona da pélvis, e a perda de estrogénio na menopausa são dois dos fatores que contribuem para o aparecimento da nictúria.

Quer os homens quer as mulheres idosas, tomam mais frequentemente medicamentos que são diuréticos, o que pode levar à exacerbação da frequência mictória. Por outro lado, a nictúria pode ser um sintoma de doenças mais graves que têm que ser despistadas, para que seja possível encontrar um tratamento mais adequado.

As frequentes idas à casa de banho durante a noite têm um impacto muito grande na qualidade de vida das pessoas, além de contribuir para um risco mais acentuado de quedas e acidentes durante a noite, sobretudo para as pessoas mais idosas.

Saiba mais sobre esta perturbação, o que ela implica e como pode ser tratada, neste artigo.

O que é a Nictúria?

Nictúria, também designado por noctúria, é um distúrbio da bexiga que obriga à necessidade da pessoa afetada se levantar durante a noite várias vezes para urinar, causando distúrbios do sono. A patologia envolve estes dois fatores: uma produção de urina mais acentuada e o impulso para urinar várias vezes durante a noite.

A quantidade normal de urina produzida ronda em torno de 800 a 1500 ml, estes valores variam de acordo com a quantidade de líquidos ingeridos, a temperatura corporal e ambiental, e o esforço físico realizado durante o dia.

Outros fatores podem contribuir também para a variação destes valores como as variações hormonais ou efeitos neurológicos, hemodinâmicos, psicossociais e culturais.

A produção de urina no organismo tem um determinado padrão, durante o dia o volume urinário é maior do que durante a noite.  No entanto, após os 60 anos de idade este padrão muda e os volumes diurno e noturno tornam-se praticamente iguais. O que faz com que esta patologia seja mais comum em pessoas com mais de 60 anos.

Esta situação tem um efeito comprometedor no ciclo de sono, a interrupção do sono causa sonolência diurna, cansaço, alterações do humor, perda de concentração e baixo desempenho, levando a que o ato de levantar mais do que 3 vezes por noite para ir à casa de banho, esteja associado várias consequências para a saúde:

  • Redução da qualidade de vida
  • Diminuição da produtividade no trabalho, 
  • Agravamento do estado de saúde em geral
  • Aumento do número de quedas e de consequentes fraturas
  • Maior incidência de acidentes de viação
  • Maior risco de doença cardiovascular, diabetes mellitus e mortalidade por quedas.

Quais as causas da Nictúria?

O envelhecimento é uma das causas mais comuns para o desenvolvimento de nictúria, mas as causas podem ser muito variadas e dividem-se em 3 grupos de causas: as que estão relacionadas com a produção e quantidade de urina, as causas relacionadas com o aparelho urinário e as causas relacionadas com o sono.  

Produção de urina:

  • Alterações causadas pelo envelhecimento
  • Ingestão excessiva de líquidos ou de álcool
  • Utilização de diuréticos
  • Ingestão de cafeína, teofilina ou lítio
  • Doenças endócrinas ou metabólicas
  • Diabetes mellitus
  • Níveis altos de cálcio no sangue
  • Inchaço nos membros inferiores
  • Insuficiência cardíaca congestiva
  • Baixa concentração de albumina no organismo
  • Estreitamento ou bloqueio das artérias
  • Insuficiência venosa
  • Utilização de determinados fármacos como os anti-inflamatórios não esteróides

Aparelho urinário:

  • Bexiga com baixa capacidade funcional
  • Bexiga hiperativa
  • Retenção urinária
  • Incontinência
  • Urgência sensitiva para urinar
  • Infeção urinária
  • Falência renal crónica
  • Hiperplasia da próstata

Causas relacionadas com o sono:

Qual é o tratamento para a Nictúria?

Como a nictúria pode ter diversas causas, o tratamento vai variar de acordo com o diagnóstico estabelecido pelo médico. Neste sentido, só o especialista pode indicar qual o medicamento mais indicado para cada caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento.

Nos casos em que a nictúria resulta de outras doenças, o tratamento necessariamente passa pelo tratamento dessas mesmas doenças. Nos outros casos, o tratamento inicia-se por um aconselhamento comportamental, no sentido de o doente reduzir a ingestão de líquidos a partir do final do dia e a utilização de diuréticos, quando necessários, pela manhã.

Para os portadores de bexigas hiperativas podem ser aconselhados fármacos anticolinérgicos que contribuem para a diminuição das contrações na bexiga e consequentemente reduzir a necessidade de urinar, no entanto, estes medicamentos podem ter efeitos adversos, por isso é necessário haver acompanhamento médico.

No caso das mulheres deve ser feito o despiste de insuficiências hormonais antes de iniciar o tratamento. Em algumas situações é administrado o medicamento desmopressina na forma oral.

Quando a nictúria é um sintoma de doenças do trato urinário poderá ser necessário efetuar cirurgias de correção, ou para retirada de tumores benignos na próstata, no caso da hiperplasia.

Quais os sintomas da Nictúria?

A nictúria, que consiste em levantar durante várias vezes durante a noite para urinar , muitas vezes associada à urgência, é em si própria um sintoma que reflete a presença de outras doenças ou distúrbios.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico pode ser feito pelo médico de clínica geral ou pelo médico urologista, que irá investigar a história clínica do doente, a frequência do sintoma e se existem outros sintomas associados, se o doente está a tomar algum medicamento e há quanto tempo tem nictúria.

Além do exame físico, o médico poderá pedir a realização de alguns exames complementares como análises à urina, glicemia, ureia, entre outros.

Quais as complicações?

As complicações com mais impacto são as que se relacionam com a qualidade de vida dos doentes. A vontade de ir à casa de banho constante que interrompe o sono provoca consideráveis perturbações psicológicas e sociais, dado que quem sofre de nictúria fica mais cansado, deprimido e irritável do que o normal.

A insónia e a privação de sono que este distúrbio provoca nos indivíduos causa:

  • Exaustão
  • Alterações de humor
  • Sonolência
  • Falta de produtividade
  • Fadiga
  • Risco aumentado de disfunção cognitiva e acidentes, sobretudo quedas, no caso dos idosos.

Quando a nictúria está relacionada com uma doença, como a diabetes, as complicações podem ser mais sérias, já que se a doença que a originou não for tratada pode ter um agravamento e causar consequências mais graves.

A Nictúria tem cura?

Como a nictúria pode ter várias causas e estar relacionada com diferentes doenças, a sua resolução vai depender de cada caso. Neste sentido, a cura é possível em muitos casos, em que a doença subjacente é tratada. Quando a causa é o envelhecimento, um tratamento adequado com fármacos e alteração de comportamento, pode ajudar a, pelo menos, colmatar os efeitos mais nefastos do distúrbio urinário.

Como podemos prevenir a Nicturia?

Uma das formas mais eficazes para prevenir o desenvolvimento de nictúria, é a alteração comportamental, como:

  • A inibição do consumo de álcool e cafeína, dado terem um forte efeito diurético
  • Reduzir o consumo de líquidos com 3 ou mais horas antes de ir dormir
  • A utilização de meias de compressão para evitar a acumulação de líquido nos membros inferiores.

Conclusão

Durante a noite normalmente, a quantidade de urina no nosso organismo diminui e concentra-se durante 6 a 8 horas, para que possa ser expelida durante a manhã, geralmente ao acordar.

No entanto, para algumas pessoas este processo complica-se, sobretudo com o avançar da idade, depois dos 65 anos, e passam a produzir mais quantidade de urina durante a noite, associada a uma urgência da necessidade de ir à casa de banho.

Esta situação é muitas vezes associada ao envelhecimento e pode estar ligada a outras doenças como as doenças renais, cardíacas ou a diabetes.

As complicações mais severas deste distúrbio, estão relacionadas com as interrupções do ciclo de sono, que leva a consequências psicológicas e sociais, já que tem um impacto muito negativo na qualidade de vida. Os doentes exibem sinais de fadiga, cansaço extremo, stress e grande irritabilidade pelo facto de terem os seus ciclos de sono perturbados.

As alterações comportamentais que incluem a inibição do consumo de cafeína e álcool, bem como a diminuição da ingestão de líquidos algumas horas antes de ir para cama, são algumas das práticas, que embora simples, podem fazer toda a diferença na vida das pessoas com nictúria.

Nos centros Mais que Cuidar pode encontrar uma gama completa de produtos para gerir a incontinência, e serviços  que dão uma ajuda importante no apoio e no conforto em casos de Nictúria ou das doenças a ela associadas, prestando cuidados de saúde ao domicilio (apoio domiciliário, fisioterapia, enfermagem) e produtos de apoio para comprar ou alugar.

Os nossos profissionais de saúde e mobilidade ajudarão a encontrar as melhores soluções para a sua situação clínica. Temos ao seu dispor uma linha de apoio de enfermagem 24h/dia 365 dias do ano.

Referências:

*Atenção: O Blog Mais que Cuidar é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados com saúde e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Central de Atendimento

como podemos ajudar?
Apoio via Whattsapp
Entre em contato
através do Whattsapp.
ABRIR WHATTSAPP
Apoio por Telefone
Contacte-nos todos os dias
úteis entre 10h às 19h e aos
Sábados das 10h às 13h
Lojas de Ortopedia e Geriatria em Portugal
Procuramos estar cada vez mais perto de si.
Venha conhecer-nos! Juntos Cuidamos Melhor.
Porto
Porto
Estrada da Circunvalação 14688
4450-097 Matosinhos
T. 224 054 146
Lisboa
Lisboa
Rua Manuel Martins da Hora, 2
1750-172 Lisboa
T. 210 402 220
Almada
Almada
Rua do Regil 21A
2805-234
Almada
T. 210 402 248
Faro
Faro
Estrada Municipal 514
Zona Ind. da Barracha, Lote 11
8150-017 São Brás de Alportel
T. 289 824 225
4 stars