Central de Atendimento

Como podemos ajudar?
Precisa de ajuda?

Expetoração: O que é, quais os tipos, causas e tratamento

Expetoração nos adultos

A expetoração sendo um sintoma de muitas doenças respiratórias, tem um papel fundamental no diagnóstico destas doenças. A identificação das suas caraterísticas ajuda também a determinar o tratamento mais adequado.

Com a chegada dos meses mais frios chegam também as doenças que afetam o sistema respiratório, como os pulmões ou as vias áreas superiores.

Nesta altura em que vivemos numa fase de grande gravidade de infeção respiratória com a doença Covid-19, é importante perceber o impacto que as doenças respiratórias têm na saúde.

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), as doenças respiratórias ocupam o terceiro lugar no ranking das doenças que causam a morte em Portugal, sendo a gripe uma das doenças mais destacadas.

O Observatório Nacional das Doenças Respiratórias estima que mais de 14 mil mortes em Portugal são causadas por doenças respiratórias. Este número aumenta ainda mais se forem incluídos os cancros dos órgãos respiratórios.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) aponta a pneumonia como uma das maiores causas para a morte em Portugal, no contexto Europeu. Com uma incidência de cerca de 140 mil pessoas que morrem de pneumonia na Europa.

Nas lojas Mais que Cuidar pode encontrar serviços na área dos cuidados de saúde domiciliários como o apoio domiciliário, a fisioterapia ao domicílio e o serviço de enfermagem ao domicilio 24h/dia que podem ser muito úteis nos cuidados a doentes dependentes com expectoração.

esclerose múltiplia fisioterapia ao domicílio em portugal Agendar Serviço de Enfermagem ao Domicílio Enfermagem ao domicílio Agendar agora Agendar Serviço de Enfermagem ao Domicílio Enfermagem ao domicílio Agendar agora

Pode encontrar igualmente, produtos de apoio como  nebulizadores e aspiradores de secreções que podem ajudar bastante no tratamento de doentes com expectoração.

Saiba tudo sobre a expetoração neste guia completo. Confira!

O que é a expetoração?

Expetoração o que é

A expetoração é constituída pelas secreções produzidas na traqueia, pulmões e brônquios, que é eliminada normalmente através da tosse.

Algumas vezes apresenta-se sob a forma de muco e é uma substância produzida naturalmente no organismo, que serve como sistema de limpeza das vias respiratórias.

Quando há uma produção em excesso das secreções, ou quando estas são acompanhadas de pus ou sangue, torna-se numa situação patológica.

Esta substância é produzida pelas membranas das vias respiratórias e pelos pulmões, a sua principal função é recolher as bactérias, vírus e alergénios, evitando que se espalhem pelo corpo e possam provocar doenças.

Uma grande quantidade de muco e expetoração estão associados a doenças do foro respiratório como a gripe, bronquite, tuberculose ou Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC), sendo um forte sinal de que os pulmões estão doentes, infetados ou lesados.

Quais os tipos de expetoração que existem?

Tipos de expetoração

A expetoração pode ser de escassa quantidade, ou ser vómica, o que significa uma grande quantidade de expetoração que é expelida de uma só vez. Quando se apresenta intermitente com tosse, trata-se de uma expetoração vómica incompleta.

Em relação à consistência pode ser fluida, espessa, com coágulos ou cilindros fibrosos.

A tonalidade da expetoração também pode mudar consoante a sua causa:

  • Branca
  • Amarela ou verde: quando existe a presença de pus
  • Cinzenta ou preta: quando existe a presença de nicotina
  • Vermelha ou rosada: quando existe a presença de sangue

A expetoração com sangue é designada por hemoptise e a quantidade de sangue pode variar.

A expetoração pode ser categorizada em diferentes tipologias:

Muco

Normalmente associado a infeções respiratórias e produzido maioritariamente no nariz.

Fragmentos da mucosa

Resultado de agressões químicas ou queimaduras.

Pus

Quando existem infeções ou abcessos.

Sangue

Hemoptise, associada a doenças mais graves como a tuberculose.

Qual o tratamento para a expectoração?

Tratamento expetoração

O tratamento da expetoração está sempre relacionado com as causas específicas que estiveram na origem do seu desenvolvimento, quer se trate de uma doença ou de uma reação alérgica.

Sendo que nestes casos, o tratamento para a expetoração será concomitante com o tratamento para a respetiva doença.

Os tratamentos são abrangentes, combinando a terapêutica com fármacos e práticas comportamentais.

Descongestionantes

São fármacos que podem ser administrados pelo nariz ou oralmente. Têm um efeito redutor na formação de muco nos pulmões e ajudam a dissolver o muco espesso. Atuam nos vasos sanguíneos, fazendo uma contração dos mesmos, o que leva a uma redução do fluxo sanguíneo e consequentemente a uma menor produção de muco.

Anti-histamínicos

Ajudam nos casos em que haja expetoração resultante de alergias, ajudando a reduzir a produção de muco.

Expetorantes e Mucolíticos

Expetorante para retirar expetoração

Os mucolíticos atuam sobretudo no espessamento do muco, tornando-o mais fluido e facilitando a sua eliminação pelo organismo.

Os expetorantes facilitam a expulsão de secreções dos pulmões ou das vias respiratórias.

Nebulização

Nebulização para expetoração

A Nebulização com soro fisiológico pode ajudar a respirar melhor e a diminuir a tosse, por exemplo, o que por sua vez terá efeitos sobre a produção de expetoração.

Inalações de vapor de água ajudam a amolecer as secreções ajudando à sua expulsão.

Hidratação

Ingerir bastantes fluidos, líquidos ou água para manter os tecidos hidratados.

Uso de Humidificadores

A utilização de humidificadores para manter as vias respiratórias húmidas e evitar a formação de muco.

Aspiradores de Secreções

Utilização de aspiradores de secreções caso não seja possível a expulsão natural sobretudo em doentes dependentes ou acamados. 

Quais os sinais associados à expetoração?

Sinais e sintomas associados à expetoração

Como a expetoração é um sintoma associado a alguma doença, esta pode indicar de várias formas a presença da patologia e pode ser um bom sinal para consultar um médico.

Estes são os sinais que a expetoração apresenta:

Expetoração verde ou amarela

Pode indicar a presença de infeções nas vias respiratórias, como é o caso da pneumonia. A cor vem das células de defesa do organismo que produzem uma proteína de cor verde. Nestas situações é aconselhável consultar o médico.

Expetoração com sangue ou vermelha

Dependente da quantidade de sangue presente pode ser mais ou menos grave. Quando a quantidade é menor e esporádica, pode ser resultado de sangue proveniente das fossas nasais devido ao esforço a assoar.

Quando o volume é maior e mais abundante, pode ser sinal de uma doença mais grave como a bronquite, tuberculose, pneumonia ou cancro do pulmão. É necessário consultar um médico pneumologista para fazer o despiste das doenças.

Expetoração branca ou cinzenta

Indica geralmente uma inflamação das vias respiratórias, na maior parte dos casos associada a gripe ou crises de sinusite.  

Neste caso, o ideal é ingerir bastante água para ajudar à expulsão das secreções. Caso não haja melhoria dos sintomas, deverá ser consultado o médico. Nos casos de gripe, pode ser indicada a utilização de fármacos para debelar a inflamação.

Expetoração castanha escura ou preta

Associada aos fumadores ou aos trabalhadores de locais com muita poluição, ou substâncias tóxicas.

Expetoração cor de rosa

Pode indicar a existência de líquido nos pulmões e está normalmente associada a problemas do foro cardíaco.

A consistência da expetoração também pode ser um sinal importante. Uma secreção mais espessa está geralmente associada a quadros de gripe ou infeções.

Como é feito o diagnóstico da expetoração?

Diagnóstico expetoração

A expetoração é um sintoma e não uma doença. Neste sentido, faz parte do diagnóstico associado a uma patologia e a sua consistência, aspeto, cor e frequência ajudam a determinar o diagnóstico de várias doenças respiratórias.

O diagnóstico é feito pelo médico de clínica geral ou pelo pneumologista, que fará primeiro um exame físico e consulta da história clínica do doente.

Exames complementares, serão necessários para despistar as possíveis doenças que estejam associadas às caraterísticas da expetoração que o doente apresenta.

O médico poderá requerer exames de raio x ao tórax e cultura microbiológica à expetoração, para identificar as bactérias que podem estar presentes e para ajudar a fazer um diagnóstico mais preciso.

Quais as causas da expetoração?

Causas da expetoração

As causas para a produção excessiva de expetoração são muito variadas, já que estão fortemente associadas a várias doenças das vias respiratórias, ou doenças que afetam os pulmões.

As causas mais frequentes para o surgimento da expetoração são:

Expetoração: quais as complicações?

Complicações da expetoração

A produção regular de expetoração pelo organismo é normal, já que atua como um sistema de limpeza.

As complicações ocorrem quando há uma produção em excesso de secreções que não são expulsas, o que é geralmente um sinal da presença de outras doenças mais graves.

Por outro lado, a existência de um grande volume de expetoração que não é eliminada pode por si só, criar as condições para o desenvolvimento de infeções ou inflamações.

Como prevenir o aparecimento da expetoração?

Prevenir a expetoração

A melhor forma de prevenir a expetoração é fazer a prevenção das doenças associadas à sua produção.

Por exemplo, no caso das infeções respiratórias virais, lavar as mãos com frequência é fundamental para evitar a propagação de vírus e infeções, bem como evitar a maior suscetibilidade para os apanhar.

Algumas das práticas preventivas são:

  • Manter uma boa hidratação e beber bastante água
  • Utilizar humidificadores de ambiente
  • Manter os filtros de ar condicionado limpos
  • Tomar a vacina da gripe (com prescrição médica)
  • Não fumar
  • Fazer exercício físico moderado
  • Arejar os ambientes fechados
Veja também: algumas dicas de como fazer uma boa hidratação.

Conclusão

Expetoração mulher adulta

A expetoração é mais um sintoma do que uma doença, no entanto, tem um papel fundamental no diagnóstico e no tratamento de várias doenças do foro respiratório.

Funciona como um sistema natural de limpeza do organismo e é constituída por secreções, sobretudo das vias respiratórias. O excesso e a dificuldade de eliminação destas secreções, podem trazer problemas e facilitar o aparecimento de infeções.

Por outro lado, o desenvolvimento de expetoração em excesso está, na maior parte das vezes, associado a outras doenças mais graves. Por isso, é importante que o doente esteja atento à consistência e cor da expetoração de forma a facilitar o diagnóstico adequado.

O seu tratamento está assim, associado ao tratamento das doenças. No entanto, alguns cuidados preventivos, como uma boa hidratação, evitar o consumo de tabaco e tomar as vacinas associadas às doenças respiratórias, podem influenciar consideravelmente, não só o desenvolvimento das doenças, mas também a sua gravidade.Nas lojas de ortopedia e geriatria Mais que Cuidar no Porto, Faro, Lisboa e Almada pode encontrar produtos relacionados com terapias respiratórias  e Serviços de Saúde ao Domicilio como a fisioterapia, que poderão ajudar os doentes com problemas de expetoração.

esclerose múltiplia fisioterapia ao domicílio em portugal Agende uma sessão de fisioterapia ao domicilio em Portugal. Agendar agora Agende uma sessão de fisioterapia ao domicilio em Portugal. Agendar agora

Referências:

*Atenção: O Blog Mais que Cuidar é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados com saúde e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

O que achou deste artigo? Foi útil? Deixe o seu comentário

Central de Atendimento

como podemos ajudar?
Apoio via Whattsapp
Entre em contato
através do Whattsapp.
ABRIR WHATTSAPP
Apoio por Telefone
Contacte-nos todos os dias
úteis entre 10h às 19h e aos
Sábados das 10h às 13h
Lojas de Ortopedia e Geriatria em Portugal
Procuramos estar cada vez mais perto de si.
Venha conhecer-nos! Juntos Cuidamos Melhor.
Porto
Porto
Estrada da Circunvalação 14688
4450-097 Matosinhos
T. 224 054 146
Lisboa
Lisboa
Rua Manuel Martins da Hora, 2
1750-172 Lisboa
T. 210 402 220
Almada
Almada
Rua do Regil 21A
2805-234
Almada
T. 210 402 248
Faro
Faro
Estrada Municipal 514
Zona Ind. da Barracha, Lote 11
8150-017 São Brás de Alportel
T. 289 824 225
4 stars