Central de Atendimento

Como podemos ajudar?
Precisa de ajuda?

Estimulação cognitiva nos idosos: qual a importância?

Estimulação cognitiva: qual a sua importância para os idosos?

Muitas vezes quando pensamos num estilo de vida saudável e em hábitos de vida saudáveis, concentramos-nos principalmente no corpo.

Embora seja importante ter hábitos saudáveis para a nossa saúde física, como trabalhar e comer uma dieta equilibrada, é igualmente importante prestar atenção à nossa saúde mental.

Tal como os exercícios físicos que beneficiam o corpo e os músculos, os exercícios mentais também desempenham um papel fundamental no fortalecimento e manutenção das funções cerebrais em geral.

No caso dos idosos, atividades que estimulem o cérebro e jogos que dependem da memória são uma excelente opção para estimular a atividade mental e cerebral.

Parte da manutenção da saúde geral inclui manter as capacidades cognitivas apuradas através de várias atividades que permitem praticar o pensamento crítico, falar, ler, relembrar memórias, fazer julgamentos sólidos e aprender.

Existem muitas atividades cognitivas simples para adultos seniores que podem ser feitas diariamente ou semanalmente.

Estas não devem ser feitas todas de uma vez, devem ser feitas em dias e horários diferentes, respeitando a condição física e mental em que a pessoa se encontra e fazendo adaptações quando necessário.

Atividades de estimulação cognitiva

Estas são algumas das atividades que podem ajudar a manter o cérebro tão flexível e em forma como os músculos e o corpo.

Conversas com diferentes pessoas

As conversas permitem às pessoas praticar a fala, o pensamento crítico e muitos outros aspetos cognitivos que estimulam e refrescam a mente.

Isto é especialmente importante para os idosos, porque as pessoas tendem a retirar-se da interação social à medida que envelhecem.

Sendo a solidão umas das condições mais nefastas para os idosos, é muito importante estimular a interação social e as ligações aos outros.

Meditação

Um dos melhores exercícios cerebrais para os seniores é a meditação. A razão para isto é que a meditação permite relaxar e concentrar nos pensamentos e emoções.

Para quem não está familiarizado com esta prática, pode recorrer a muitas aplicações gratuitas disponíveis nos dispositivos móveis, que proporcionam meditação guiada.

Ou em alternativa procurar um instrutor ou uma associação que providencie aulas acompanhadas.

Aulas de arte

A arte é uma ótima forma de expressar as emoções e pensamentos ao mesmo tempo que estimula a coordenação entre a mão e o olho, encorajando uma disposição mais feliz.

Fazer atividades artísticas, como a pintura de aguarela, permite a autorreflexão sobre a peça que está a ser criada, e as emoções que contribuíram para a sua criação.

Todos estes benefícios ajudam a manter a mente alerta e as capacidades cognitivas em boa forma.

Aprender línguas

A prática de outra língua é uma ótima forma de os idosos praticarem a sua capacidade de falar, recordar informações e melhorar o pensamento crítico. Alguns indícios apontam para que a prática de línguas possa ajudar a esbater a demência nos idosos.

Passeios na natureza

Se for possível para o idoso caminhar confortavelmente durante longos percursos de cada vez, as caminhadas na natureza são um grande exercício cerebral para os idosos. Estes passeios na natureza promovem a socialização, a independência e a sensação de relaxamento.

Isto ajuda os mais velhos a sentirem-se ligados ao que os rodeia e a si próprios. Prestar atenção a pontos de referência e aos animais ao longo do passeio também ajuda a manter a capacidade de recordar detalhes específicos.

Podem também ser uma ajuda importante para facilitar uma noite descansada e um sono mais reparador.

Fazer puzzles

Os puzzles tradicionais são uma opção popular porque são fáceis de compreender, simples de fazer e podem ser feitos durante um longo período de tempo.

O que é fundamental nestes quebra-cabeças é que possam encorajar a usar as capacidades espaciais, a capacidade de concentração, criatividade e a capacidade em geral de resolução de problemas.

Sudoku

Para praticar a capacidade de encontrar e reconhecer padrões, o Sudoku é uma ótima opção. Com regras fáceis de entender, o Sudoku tem a ver com encontrar padrões e usar esses padrões para resolver problemas.

A intuição e a capacidade de julgar são postas em prática, o que é muito importante para os mais velhos.

Jogar às cartas

Os jogos de cartas que envolvem a combinação de pares de imagens, símbolos ou valores, ajudam a melhorar a capacidade de concentração, relembrar detalhes e fazer julgamentos sólidos com base em informação.

Jogos de palavras

Os jogos de palavras forçam o jogador a pensar fora do próprio enigma ou charada do jogo e a recordar os seus conhecimentos para completar o exercício. Isto é o ideal para reforçar a capacidade de recordar e associar.

Palavras cruzadas

As palavras cruzadas são uma ótima ferramenta para manter a saúde cognitiva porque fornecem dicas simples e o jogador deve considerar o conhecimento prévio que tem e recordar uma possível resposta para o problema.

Melhor ainda, pode fazer palavras cruzadas com amigos para praticar o pensamento crítico através de discussões sobre o que podem ser as possíveis respostas para preencher os espaços.

Exercícios de lógica

Enigmas e puzzles que utilizam a lógica são uma excelente opção. Estes tipos de puzzles fornecem pistas no próprio puzzle e exigem que o jogador combine informação que já tem com ideias que surgem e podem ser misturadas numa solução plausível.

Esta capacidade de associar ideias com soluções, ligar padrões reconhecíveis e lembrar que informação o puzzle fornece são todas excelentes formas de manter as capacidades cognitivas.

Cantar ou tocar um instrumento

Escolher uma canção favorita e cantar ou tocar, são uma forma de exercitar a memória e ao mesmo tempo fazer uma atividade prazerosa.

Ver álbuns de fotografias

Sejam antigas ou mais recentes, ver fotografias é sempre uma excelente atividade. Pode ser um elo entre o passado e o presente, um bom estímulo para iniciar uma conversa, recordar uma história, nomes, datas ou eventos.

Ver vídeos de familia

Também podem ser vídeos recentes ou antigos e pode ser um bom exercício para a memória, tentar recordar a circunstância em que o vídeo foi feito e as histórias das pessoas que aparecem na imagem.

Cozinhar

Cozinhar pratos típicos da família, aquela receita que só os mais antigos têm que simbolizam aniversários, Natal, Páscoa, ou outra tradição, é um importante momento para compartilhar momentos sociais entre familiares ou amigos.

Ler livros em voz alta

Ler um livro em voz alta e conversar sobre o enredo da história ou detalhes das personagens, vai possibilitar o exercício de diferentes funções cognitivas.

Ler jornais ou revistas

Aqui o objetivo é comentar as notícias, tecer comentários e críticas, fazendo ligações à própria história de vida, para estimular as associações mentais.

Fazer artesanato ou peças de arte

Pintura, crochê, tricô, costura, bordados, entre outros trabalhos manuais, são uma ótima forma de estimular várias ligações entre as mãos, os olhos e o cérebro.

Cuidar de plantas

Cuidar de plantas é uma maneira de manter o interesse e cuidar de algo todos os dias, o que implica, prestar atenção, usar as mãos e planear etapas.

Chamadas de vídeo com familiares distantes

Esta atividade exige um conjunto muito variado de funções cognitivas, desde saber utilizar a tecnologia, até o falar com alguém que está distante e vive noutra realidade.

Conclusão

Manter o cérebro estimulado mesmo na idade avançada é uma necessidade tão importante como manter o corpo saudável, para conseguir alcançar uma melhor qualidade de vida e bem-estar.

Mas, caso o idoso não goste ou resista em participar destas atividades, é importante demonstrar paciência e dar algum tempo e espaço, ajustando à sua capacidade.

Caso seja necessário e de forma a não criar ansiedade no idoso, a melhor estratégia é explicar no que consiste a atividade e de que forma pode ajudar.

Outra estratégia é tentar saber quais as atividades que o idoso prefere fazer e quais lhe dão mais alegria ou prazer.

O importante não é o resultado, mas a satisfação alcançada com as atividades, se estas ajudarem a estimular a cognição, então ainda melhor.

Juntos Cuidamos Melhor!

Referências:

National Institute on Aging

*Atenção: O Blog Mais que Cuidar é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados com saúde e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Central de Atendimento

como podemos ajudar?
Apoio via Whattsapp
Entre em contato
através do Whattsapp.
ABRIR WHATTSAPP
Apoio por Telefone
Contacte-nos todos os dias
úteis entre 10h às 19h e aos
Sábados das 10h às 13h
Lojas de Ortopedia e Geriatria em Portugal
Procuramos estar cada vez mais perto de si.
Venha conhecer-nos! Juntos Cuidamos Melhor.
Porto
Porto
Estrada da Circunvalação 14688
4450-097 Matosinhos
T. 224 054 146
Lisboa
Lisboa
Rua Manuel Martins da Hora, 2
1750-172 Lisboa
T. 210 402 220
Almada
Almada
Rua do Regil 21A
2805-234
Almada
T. 210 402 248
Faro
Faro
Estrada Municipal 514
Zona Ind. da Barracha, Lote 11
8150-017 São Brás de Alportel
T. 289 824 225